PROTOCOLO DE SEGURANÇA PARA EXECUÇÃO DOS EVENTOS TTRA


A elaboração desse material tem como objetivo promover a retomada das atividades da TTRA com condições de conforto e segurança para todos os frequentadores do evento, seguindo orientações das autoridades de Saúde, do Decreto da Prefeitura da Cidade de São Paulo N° 59.600, de 09 de julho de 2020, publicada no Diário Oficial dia 27/06/2020.


Este material servirá como guia normativo e de orientação para todas as áreas do evento, incluindo situações específicas em ocasiões em que o local assim exigir, e sua atualização será constante, de acordo com publicação de novas orientações e/ou normas dos órgãos públicos.


Este material também segue as recomendações do Guia de Operação Padrão para organizadores emitido no dia 21/06/2020 pela ITRA:


Existem diferenças entre os países em relação a boas práticas e regulamentação em relação ao COVID-19. Como documento internacional, a ITRA levou em consideração os conselhos da Organização Mundial da Saúde (OMS). De qualquer forma, a ITRA aconselha os organizadores a verificar e cumprir os regulamentos locais de seu próprio país. Em caso de dúvida, será melhor adotar medidas restritivas para maximizar a segurança de todos os indivíduos associados ao evento”.



No dia 17 de julho de 2020 o Protocolo de Segurança e Retomada dos Eventos INSANE foi entregue pelo diretor da TTRA ao Prefeito de Morungaba Marco Antonio de Oliveira e Secretario de Esportes de Morungaba Julio César de Moraes.


O documento mostra com detalhes todas as medidas de segurança criadas e que serão adotadas na execução do evento 2º STAGE INSANE - MORUNGABA.



SUMÁRIO

1. INFORMAÇÕES GERAIS

  • Abertura e horário de funcionamento

  • Espaços abertos e fechados

2. PARQUE ECOLÓGICO PEDRO MINEIRO

  • Acesso ao parque

  • Estacionamento

  • Áreas abertas

  • Áreas fechadas

  • Lanchonete

  • Parquinho

  • Banheiros

3. REGRAS DE SEGURANÇA – TTRA


  • Comunicação com os atletas

  • Aferição de temperatura

  • Uso de máscara facial

  • Higienização das mãos

  • Aglomerações

  • Grupos de risco

  • Declaração de saúde

4. ARENA INSANE – TTRA.

  • Entrada arena

  • Área de largada / chegada

  • Posto controle (Pc)

  • Área fruta e hidratação arena

  • Área cronometragem

  • Área medalha

  • Área premiação

  • Área estandes

  • Área som

  • Área médica

  • Placas informativas

5. CONSIDERAÇÕES – TTRA


1. INFORMAÇÕES GERAIS

O Parque Ecológico Pedro Mineiro, situado no endereço: Rua Dom Pedro II, Morungaba - SP, 13260-000 aproximadamente 800 metros de distância do centro da cidade, em local privilegiado entre morros, nos contrafortes da serra de Cabras. O parque possui mananciais próprios, áreas de mata nativa, uma série de quedas d’água e relevo propício a caminhadas. Da entrada do parque é possível ter uma visão panorâmica da cidade assentada no vale do ribeirão dos Mansos. A área foi adquirida pelo município exatamente para ser um parque ecológico.


  • Abertura e horário de funcionamento:

Morungaba aguarda a orientação do Município de Campinas para a reabertura do Parque Ecológico Pedro Mineiro tendo uma previsão de retomada a suas atividades no dia ...

O horário de funcionamento do Parque seguirá as recomendações da Secretaria de Saúde, bem como o Decreto que for publicado.


  • Espaços abertos e fechados:

O Município de Morungaba irá divulgar as normativas de retomada das atividades do Parque Ecológico Pedro Mineiro. Dessa forma, estabelecerá quais áreas estarão abertas ou fechadas ao público. Assim que o documento for liberado pela Prefeitura a TTRA irá agregar as informações pertinentes a este relatório para que todos os atletas tenham ciência das regras estabelecidas.



2. PARQUE ECOLÓGICO PEDRO MINEIRO

  • Acesso ao parque:

É obrigatório o uso de máscaras em tempo integral pela totalidade dos frequentadores, funcionários, gestores ou terceirizados.

Preservar o distanciamento social mínimo de dois metros entre as pessoas no interior do parque.


A TTRA aguarda documentação com maiores detalhes.


  • Estacionamento:


O uso do estacionamento deverá ser feito de forma consciente respeitando o espaço entre as vagas, deixando fácil o acesso para entrada e saída dos demais veículos, principalmente os que farão o trabalho de segurança.


  • Áreas abertas:

Os frequentadores deverão respeitar o distanciamento social nas áreas abertas do parque sendo livre a circulação de todos.


A TTRA aguarda documentação com maiores detalhes.


  • Áreas fechadas:

Os frequentadores deverão respeitar os ambientes fechados seguindo as regras de acesso estabelecidas pelo parque.


A TTRA aguarda documentação com maiores detalhes.

  • Lanchonete:

A TTRA aguarda documentação com maiores detalhes.

  • Parquinho:

A TTRA aguarda documentação com maiores detalhes.

  • Banheiros:

A TTRA aguarda documentação com maiores detalhes.



3. REGRAS DE SEGURANÇA - TTRA

A equipe da TTRA estará devidamente uniformizada, utilizando máscaras, cumprindo e fazendo cumprir as medidas de segurança. Todos os atletas deverão estar de posse de seus itens de segurança pessoal para adentrar na arena do evento, bem como os equipamentos obrigatórios exigidos para cada distância.


O mais importante é que todos tenham a consciência da não aglomeração respeitando ao máximo o distanciamento social.


Apesar de todo o esforço em desenvolver um protocolo que se adeque à nossa realidade atual e que traga a segurança necessária para todos retornarem a suas atividades esportivas, devemos ressaltar que a real efetividade do protocolo só será garantida se todos os envolvidos cumprirem 100% das orientações nele contidas. Dessa forma a retomada será segura para todos.


É de suma importância que os atletas e os convidados tenham ciência de como está seu estado de saúde, considerando os seguintes sinais:


  • Caso tenha notado um aumento de temperatura acima de 37,8°C no dia do evento;

  • Sintomas relacionados ao COVID-19 nos últimos 14 dias como tosse continua, mal-estar, dores musculares, falta de ar, perda de paladar ou olfato;

  • Contato com alguém sintomático nos últimos 14 dias;

  • Viagem nos últimos 14 dias para qualquer destino onde a transmissão da COVID-19 esteja ativa;

  • Verificar se acompanhantes também atendem esses critérios;

Se for constatado qualquer um desses pontos citados, o atleta deverá permanecer em casa e comunicar a organização do não comparecimento ao evento.


  • Comunicação com os atletas:

A TTRA irá disponibilizar em seu site oficial e em todos os canais de redes sociais as informações claras sobre o protocolo de segurança adotado pelo evento.


O protocolo será enviado por e-mail cadastrado e fornecido no ato da inscrição a todos os atletas inscritos assim que a Prefeitura finalizar o protocolo de reabertura do parque.


O regulamento será constantemente atualizado conforme as mudanças no cenário e as recomendações dos órgãos competentes.

  • Aferição de temperatura:

A TTRA irá montar uma área para a aferição de temperatura que estará localizada ao lado da ambulância à disposição de todos os frequentadores da arena.


O acesso a essa área deverá ser feito de forma consciente respeitando a regra de segurança e evitando a aglomeração de pessoas no local.

  • Uso de máscara facial:

O uso de proteção facial será obrigatório dentro de qualquer área do parque, por isso, todos deverão ter a consciência de que o não cumprimento da medida acarretará na orientação por parte da organização do evento e caso o problema não seja solucionado no local o mesmo será convidado a se retirar do parque.


Conforme o guia de orientações do ITRA COVID-19 para organizadores, a TTRA seguirá à risca o controle do distanciamento físico.


De qualquer forma, não estamos sugerindo que as máscaras substituam o distanciamento social em nenhum momento do evento. O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças insiste neste ponto:


Deve-se notar que o uso de máscaras na comunidade deve ser considerado apenas como uma medida complementar e não como um substituto para as principais medidas recomendadas para reduzir a transmissão, entre as quais estão inclui distanciamento social, ... etiqueta respiratória, higiene meticulosa das mãos e evitar tocar no rosto, nariz e boca”.

  • Higienização das mãos:

A arena irá contar com diversos pontos para a higienização das mãos. Nas áreas abertas haverá TOTENS espalhados e nas áreas cobertas recipientes com álcool em gel.


Conforme o guia de orientações do ITRA COVID-19 para organizadores, todos os envolvidos diretamente no evento seguiram à risca a higienização das mãos.


A OMS não recomenda o uso rotineiro de luvas. De fato, pesquisas mostram que "o uso desnecessário e inadequado de luvas implica um desperdício de recursos e pode aumentar o risco de transmissão de germes".


Corredores ou trabalhadores não devem ser solicitados a usar luvas descartáveis ​​rotineiramente no evento. "A lavagem regular das mãos oferece mais proteção contra COVID-19 do que usar luvas".


Ao optar por lavar as mãos com sabão ou gel desinfetante, a OMS recomenda que o indivíduo “Lave as mãos com sabão e água quando as mãos estiverem visivelmente sujas…” e use gel desinfetante para lavar as mãos quando , "... as mãos não estão visivelmente sujas".

  • Aglomerações:

A TTRA entende a ansiedade de todos para a retomada das atividades esportivas, porém toda e qualquer forma de aglomeração será observada pela organização e caso seja constatado o contrário disto pela direção de arena, o grupo será orientado a cumprir as medidas de segurança.


Conforme o guia de orientações do ITRA COVID-19 para organizadores, a TTRA seguirá à risca o controle do distanciamento físico.


  • A OMS recomenda um mínimo de um metro de distância física entre os indivíduos. A pesquisa mais recente promovida pela OMS e publicada no The Lancet em junho de 2020 conclui que "... as políticas atuais de pelo menos 1m de distância física estão provavelmente associadas à redução de infecções, e a distância de 2m é mais eficaz, como foi implementado em alguns países ”.

  • A OMS conclui que: “O distanciamento físico ajuda a limitar a propagação do COVID-19. Isso implica manter uma distância de pelo menos 1 metro entre os indivíduos e evitar gastar tempo em locais lotados ou em grupos ".


É importante verificar e seguir as diretrizes locais sobre distanciamento social considerando que os padrões em alguns países podem diferir das recomendações da OMS.


A equipe de som prestará um serviço de orientação a todo momento reforçando a importância do cumprimento das medidas de segurança dentro do parque e na arena.

  • Grupo de risco:

A TTRA se preocupa com todos os envolvidos no evento principalmente aqueles que fazem parte do grupo de risco, por isso, aconselha o não comparecimento ao evento visando o bem maior (VIDA), as pessoas com histórico médico tais como:


  • Asma moderada ou grave;

  • Diabéticos;

  • Obesidade severa (IMC>40);

  • Enfermidade no rim, fígado, coração ou imunossuprimida;

  • Acima de 60 anos.


  • Declaração de saúde:

Todos os envolvidos (participantes, acompanhantes, Staff